terça-feira, 14 de junho de 2011

Diabetes tipo 2 e problemas nos rins

Com base em evidências a partir do diagnóstico de diabetes e doenças renais nos últimos anos começou uma investigação que acabou mostrando a ligação entre as duas doenças. A atividade (Sociedade Espanhola de Endocrinologia e Nutrição) decidiu investigar por mais de 60% ​​das pessoas com diabetes tipo 2 desenvolver problemas nos rins em Espanha (com risco de nefropatia crônica progressiva). Segundo pesquisas recentes, mais de 1 milhão de pessoas sofrem de fases avançadas da nefropatia diabética. Especialistas dizem que a incidência deste tipo de problemas renais tem aumentado desde os últimos 15 anos.

As conclusões que se chega é que os níveis de glicose no sangue elevados sido observados em casos agudos de diabetes tipo 2 pode causar danos irreversíveis aos filtros dos rins. Um dos sinais que os rins são comprometidos por esse problema é o fato de que em algum momento você começa a eliminar a albumina na urina (no caso, a proteína deixa os rins de forma espontânea).

Pessoas que já têm nefropatia, aliás, estão em alto risco de outras complicações cardiovasculares em (diminuindo drasticamente a qualidade de vida). No caso de ter nefropatia diabética pode haver riscos adicionais se também adicionar outros problemas de saúde (como a dependência de rapé, obesidade, sedentarismo, hipertensão, etc.) Por isso, concluiu-se que uma das melhores maneiras de manter a doença renal é através de uma dieta saudável, a moderação na ingestão de álcool, muita atividade física e hidratação adequada durante a maior parte do dia.

0 comentários